Primavera, alergias e lentes de contacto

As alergias sazonais são típicas nesta altura do ano e podem prolongar-se até ao verão, isto porque é nesta altura que existe uma maior concentração de pólenes no ar atmosférico.

Segundo a publicação “Primavera, época de alergias sazonais”- disponível no sítio www.paraquenaolhefalteoar.com – “Em portugal, os principais agentes que desencadeiam a alergia são as gramíneas (fenos), a erva parietária (alfavaca de cobra) e aos pólenes das oliveiras.”

“Habitualmente, o doente alérgico pode referir um historial de asma ou rinite, conjuntives ou manifestações cutâneas (como urticária e eczema).”

Embora os sintomas possam não ser evidenciados na primeira consulta, o optometrista deve explorar estas questões na anamnese e observar sinais externos. Olhos vermelhos, chorosos e que dão muita comichão devem ser alvo de uma observação cuidada. Pacientes alérgicos e utilizadores de lentes de contacto necessitam de um maior acompanhamento nesta altura do ano. É recomendado o uso de gotas de conforto caso as lentes se tornem desconfortáveis. Diminuição de horas de uso ou substituição por óculos pode ser a melhor opção em casos mais severos.

A Johnson & Johnson lançou recentemente um guia educacional para ajudar os novos utilizadores de lentes de contacto que sofrem deste tipo de alergias, aqui vão algumas dicas:

  • As lentes descartáveis diárias (que se usam apenas um dia) são sempre a melhor opção para quem sofre de alergias oculares. Ao colocar um par de lentes novas todos os dias o risco de acumulação de agentes que causam a alergia (alergénios) é praticamente nula. Além do mais, não necessitam de líquidos de limpeza.
  • Para quem já usa lentes de contacto e necessita de soluções de limpeza (lentes quinzenais, mensais, trimestrais etc), actualmente existem no mercado soluções sem conservantes que são indicadas para olhos mais sensíveis. Os agentes desinfectantes também poderão causar algum desconforto. Fale com o seu optometrista/contactologista para conhecer qual o melhor sistema de limpeza para si.
  • Diminua o número de horas de utilização das lentes em períodos do ano em que as alergias são mais frequentes.
  • Nunca use as suas lentes por um prazo superior ao estabelecido e não durma com elas.
  • “Esfregue os olhos com os cotovelos”! É o mesmo que dizer, não esfregue em demasia e energicamente os seus olhos.
  • Caso fique com os olhos muito vermelhos, sinta dores e a visão alterada, retire as lentes de contacto e procure de imediato um optometrista ou oftalmologista.
 veja o artigo original em: http://www.acuvue.co.uk/allergy-guide
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s